quarta-feira, janeiro 17, 2007

Na Blogoesfera


imagem


«(...)A folha amolece e desfaz-se com a rapidez de uma escala diatónica tocada ao piano por dedos compridos e treinados. Maestro tempo. Podia tê-lo desenhado com uma batuta na mão. A sinfonia escrevê-la-ia com os dedos dos pés, sobre linhas de pautas alinhavadas como as marrafas das crianças bem comportadas. Não o consegui enrolar. Desenrolar-se-á sempre até que o papel acabe e eu dê o último suspiro quente. Quando assim for, acabou-se tudo. Eu e o meu tempo.»


Bicho de Conta

2 comentários:

Paula disse...

Ao ver essa "menina" pensei q o post fosse a continuação da conversa de um tea/coffee ;)))
Kisses Doc e claro q "curti bué"!!

Mariana disse...

Eu tb dótora! ;)
Bjc
Ps. Cuidado com as cantigas. haha!