sábado, novembro 15, 2008

Não vais matar a mamã, pois não, papá?!?

"Existem três hipóteses, todas elas estão em aberto e todas elas são opção: deixar cair o Estatuto Político Administrativo dos Açores; mantê-lo tal como está; ou introduzir alterações. O PS ainda não excluiu nenhuma dessas três hipóteses", Vitalino Canas n'O Público.


Papá – Ouve Carlinhos! Das três uma. Ou o papá continua a viver com a mamã, ou o papá se divorcia da mamã, ou o papá mata a mamã!!!

Carlinhos - Não vais matar a mamã, pois não, papá?!?

Papá – Claro que não Carlinhos! Agora vamos lá a fechar os olhinhos e a dormir, tá bem?!? Boa noite!

Carlinhos – Boa noite papá!

3 comentários:

Picanço disse...

Não apanhei essa. Isso era poesia, o princípio de uma história de mau gosto, ou siplesmente mais uma merda com pretensão a algo mais?

Anónimo disse...

E desde quando é que um picanço picado apanha alguma coisa?

TóZé disse...

Sr. Picanço
Eu vou tentar explicar o que me ia na alma:
Não somos crianças e estamos fartos de ser tratados como tal.