quarta-feira, março 05, 2008

Dois dedos de conversa

Deu dois dedos de conversa e arrumou a mão direita no bolso.
Restaram-lhe três dedos. Nunca mais conversou com ninguém.

6 comentários:

António disse...

Tão cedo não me esqueço destes dedos. Três fases já decoradas para ir espalhando por aí. Parabéns Mariana!

Anónimo disse...

Nunca mais conversou com ninguém, mas sempre cumprimentava com a mão esquerda. Ainda aquele sorriso triste ontem me disse adeus.
J. Morais

rita disse...

e lamentou ter perdido o polegar... nunca mais pode pedir boleia.
para a próxima teria de ser mais cauteloso com os dedos que escolhia dar ;)

(gostei muito´)

Renata Correia Botelho disse...

Uma grande ideia; um belo texto!

António disse...

Da maneira como eu vi as coisas, o polegar permaneceu intacto. Ficaram-lhe com o indicador e o médio (ver em http://ossios.blogspot.com)

mariana matos disse...

Pois, foi o que pensei, quando escrevi. Os dois dedos dados de conversa seriam o "pai de todos" e o "fura bolos", como na ilustração do António. Mas, a ideia da Rita e do polegar, é engraçada. :)
Obrigada.