segunda-feira, março 31, 2008

Arquipélago

Natália Correia tem um poema que se chama - Pusemos tanto azul - e em cujos primeiros versos escreve que "ficamos nas paredes do vento a escorrer para tudo o que ele invade". Lembrei-me disso mesmo, enquanto escutava a Lira Açoriana e a sua excelente actuação desta noite no Teatro Micaelense, à qual assistiram largas centenas de pessoas.
Deixo o link para a música Arquipélago, da autoria de Antero Ávila e que foi esta noite executada pela nossa Orquestra Regional. Uma maravilha.

1 comentário:

António disse...

A "nossa" orquestra. :) Dá-me vontade que fosse minha também, mas não é.