sábado, junho 30, 2007

Citação



Alexandre O´Neill, in Poesias Completas, pp.103.

3 comentários:

jose augusto soares disse...

Grande e esquecido O'Neill.

Não, não sou capaz.
Mas muitos julgam-se capazes.
Esse o problema...

Anónimo disse...

"A meu favor

Tenho o verde secreto dos teus olhos

Algumas palavras de ódio algumas palavras de amor

O tapete que vai partir para o infinito

Esta noite ou uma noite qualquer



A meu favor

As paredes que insultam devagar

Certo refúgio acima do murmúrio

Que da vida corrente teime em vir

O barco escondido pela folhagem

O jardim onde a aventura recomeça."

Este também é muito bonito. como sabes. bjs.

Anónimo disse...

Ora experimenta a perguntar ao Dr. Pedro Gomes e verás se ele não tem todas as respostas na ponta da língua.
Vavô.
BJS.