sexta-feira, janeiro 05, 2007

Canção e Poema

Tom Jobim - Eu sei...


"De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Hei-de vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei-de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou ao seu contentamento.

E assim, mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Talvez a solidão, o fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que não seja imortal, posto que é chama
Porém, infinito enquanto dure."



Vinicius de Moraes

5 comentários:

A. disse...

...estou aqui Mariana.


sossega apenas e só.



um bom ano querida M.
das palavras correctas...
;)


beijinho da ana.

A.P. disse...

Bom Ano para ti também, espero qur tudo corra pelo melhor e que os teus sonhos, por mais pequenos q sejam se realizem :)

Beijos

Stranger à la carte disse...

Pertencer a Peixes é ser Peixes...tá aqui tudo.

sentimento
preocupação
mar
riso
...

shiiii

;)

Francisco disse...

Votos também de um Excelente 2007, com muitas entradas aqui no blogue!

Paula disse...

Needless to say more, my dear!
Beijos ;))