terça-feira, julho 11, 2006

Assim se faz a história!!!

"(...)Nas diversas ilhas dos Açores, desde o domingo da Pombinha, até ao domingo de Pentecostes, não há cidade, não há vila, não há aldeia onde não se festeje o Espírito Santo.(...)As Festas do Espírito Santo representam além de uma importante dimensão religiosa, uma dimensão social. Desde a Bênção das Despensas da Carne e do Pão à Procissão da Mudança da Bandeira, passando pelas Sopas do Espírito Santo, ao Desfilo Etnográfico, não esquecendo o Bodo de Leite, e culminado com a Procissão da Coroação, a realização das Grandes Festas do Divino Espírito Santo, que tiveram lugar, no passado fim-de-semana, em Ponta Delgada, presididas pelo Bispo de Angra e Ilhas dos Açores, revestiram-se de grande significado religioso para os açorianos e para as comunidades de emigrantes do Canadá e dos Estados Unidos da América. A cidade e o concelho de Ponta Delgada, estão de parabéns, por mais uma realização, pelo terceiro ano consecutivo, e após duas décadas de interregno, das “Festas mais Açorianas dos Açores.


Excerto de artigo de opinião de José Miguel Morgado Borges, publicado na edição de hoje do Açoriano Oriental

3 comentários:

D'ARREJEITE disse...

Se a história é isso, não admira que para o ano o Bodo de iogurte...magro

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read Community college no online schools

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! »