quinta-feira, janeiro 26, 2006

Neve no Pico


(Foto: Mónica Goulart)


Um homem pode amar uma pedra
uma pedra amada por um homem não é uma pedra
mas uma pedra amada por um homem

O amor não pode modificar uma pedra
uma pedra é um objecto duro e inanimado
uma pedra é uma pedra e pronto

Um homem pode amar o espaço sagrado que vai de um homem a uma pedra
uma pedra onde comece qualquer coisa ou acabe
onde pouse a cabeça por uma noite
ou sobre a qual edifique uma escada para o alto

Uma pedra é uma pedra
(não pode o amor modificá-la nem o ódio)

Mas se a um homem lhe der para amar uma pedra
não seja uma pedra e mais nada
mas uma pedra amada por um homem

Ame o homem a pedra
e pronto


Pedra Poema para Henry Moore, Emanuel Felix

3 comentários:

caldodepeixe disse...

a minha alma é tão sedenta que bebe em tudo o que é lugar: o néctar que a sacia entra-me plos sentidos e é confeccionado pela natureza. são coisas pequeninas e grandes...são pedrinhas, são nuvens...! é o mar, que por eu hoje estar mais acima na ilha, me mandou rossio encomendado ao vento, só para me vir beijar...

obrigada mariana!

mónica goulart

Tiago Gabriel disse...

Bonito... :)

Beijo,
Tiago.

Anónimo disse...

best regards, nice info Web page design and host