sexta-feira, novembro 11, 2005

O reparo do amor

Não reparo no teu novo corte de cabelo
Não reparo que às vezes, pela noite, choras
Não reparo que há dias em que não me falas
Não reparo que há tempos não fazemos amor
Reparo quão curta é a saia com que saíste hoje
Reparo que o gajo do bar também repara
Reparo que tu também reparas no gajo do bar
Perdoa-me querida, porque te amo!

5 comentários:

fhjfdhj disse...

GET LAID!

fhjfdhj disse...

GET LAID!

fhjfdhj disse...

GET LAID!

fhjfdhj disse...

check Diplo at

www.samurai.fm

i think you may well like it homes

A.na disse...

Tão des(atentos)
os olhos da paixão...