sexta-feira, novembro 18, 2005

A Filosofia e a Estética

Não quero deixar passar o dia mundial da Filosofia sem deixar aqui escrito um pensamento que hoje me ocorreu.
Vinha eu, a pé, do parque de estacionamento para o início do meu dia de trabalho quando fui atropelado por uma matilha desarida e desorganizada de cães que seguiam uma cadela escanzelada.
Ela fazia o que queria, atravessava a rua, intensa de tráfego, com cuidado, e eles todos kamikazes, sem cuidado, sem sequer memória do que seria um carro, um farol a milímetros e um PUM!, CRASH!, lá se atiravam, aos empurros, atrás daquela cauda levantada. Duas vezes ela parou e olhou para trás com ar cleopátrico de quem confirma o poder da natureza.
Ao mirar o olhar de sua escanzelada alteza pensei... (achei que esta pausa, aqui, ficaria bem) o cão não tem a mínima noção de estética, rasteja atrás de qualquer código genético, de qualquer cadela escanzelada. O homem não! Excepto um ou outro que tenha, por longos períodos de tempo, por morada uma prisão, o homem segue um meme traduzido em estética, a ideia de "féma", e isto sem ser atropelado. O homem não é um animal.

8 comentários:

Nuno Barata disse...

O Cão usa o rabp para fazer cócó, os Homens, alguns, unsam-no para outros fins. O Ohem não é um animal.

Nuno Barata disse...

...tanta gralha... o Homem erra.. "errare humanum est"... logo Cavaco não é Homen. Então se não é Homen usa o rabo sem ser para fazer cócó. Cavaco é cão.

Nuno Barata disse...

Só para fazer cócó queria eu escrever.

TóZé disse...

Barata, és um filósofo!

TóZé disse...

Não!
Espera aí!
SOMOS FILÓSOFOS!

TóZé disse...

BArata tb é animal, não?

Nuno Barata disse...

É porque usa o cú para fazer cócó.

H. Blayer disse...

LOL. este tal de abraze não sei das quantas está em todas, xiça. Parece a lei do "quanto mais apareço, melhor me consideram" ou então nem quero imaginar :)
Vai lá vai! :) (não leves a mal, ó Barata)
Eles atacam como podem.