quarta-feira, novembro 09, 2005

Ao domingo todos temos fome

Sempre que possível os meus sobrinhos, Gonçalo 5 anos, Clemente 10 anos, José Maria 12 anos e Miguel 16 anos, dormem na casa dos avós de sábado para domingo. Este prazer é normalmente acompanhado com um convite para uma presença na missa de domingo nas Capelas. Convite que, com algum sacrifício, raramente é recusado, se bem que se adivinha para breve uma deserção por parte do Miguel.
Este domingo os meus pais foram surpreendidos pelo ar de pura infelicidade do Gonçalo à saída da missa. Olhos redondos vidrados para o chão, bochechas descaídas.
- Então Gonçalo?!? O que é que se passa? Que cara é essa querido?!? – perguntaram os avós.
- Eu não gosto da missa!
Enquanto os primos regozijavam com um novo aliado tão precoce, na realidade não contavam com o seu apoio por mais uns anitos, os avós surpreendidos insistiram – Porquê Gonçalo?!?
O Gonçalo levantou do chão aqueles olhos iluminados por uma lágrima e pela fé na justiça divina e, na sua inocência, lamuriou com tremor no queijo – Há comida para todos, menos para mim!!!
Toda a família não precisou de outro alimento todo aquele santo domingo.

5 comentários:

Mariana Matos disse...

:) "deliciosa" esta história.

Caiê disse...

;)

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read » » »

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read » »

Anónimo disse...

Excellent, love it! » »