terça-feira, novembro 01, 2005

Além da Terra, além do Céu

www.clix.pt Posted by Picasa


Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempre amar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e de viver.



Carlos Drummond de Andrade

4 comentários:

A.na disse...

E assim é...a razão
do ser e do viver!
;)

soniaq disse...

Olá Mariana
Cá estou a fazer uma visita, vejo que a brisinha já cá esteve.
Grande Carlos Drumond de Andrade, ele sabia tudo e sabia que o essencial é mesmo Amar.
beijinho e vou continuar a minha visitinha.

um estranho disse...

Gosto muito desse poeta "transcendente e fundamental".

E tambem gosto muito da Sona e da Brisa aí de cima ;)

Um beijo Mariana, obrigada por teres viajado até aos duendes da serra de Sintra.

Anónimo disse...

What a great site »