quinta-feira, setembro 08, 2005

Os convencidos da Vida

cotovelo Posted by Picasa


"(...) No corre-que-corre, o convencido da vida não é um vaidoso à toa. Ele é o vaidoso que quer extrair da sua vaidade, que nunca é gratuita, todo o rendimento possível. Nos negócios, na política, no jornalismo, nas letras, nas artes. É tão capaz de aceitar uma condecoração como de rejeitá-la. Depende do que, na circunstância, ele julgar que lhe será mais útil.
Para quem o sabe observar, para quem tem a pachorra de lhe seguir a trajectória, o convencido da vida farta-se de cometer «gaffes». Não importa: o caminho é em frente e para cima. A pior das «gaffes», além daquelas, apenas formais, que decorrem da sua ignorância de certos sinais ou etiquetas de casta, de classe, e que o inculcam como um arrivista, um «parvenu», a pior das «gaffes» é o convencido da vida julgar-se mais hábil manobrador do que qualquer outro.
Daí que não seja tão raro como isso ver um convencido da vida fazer plof e descer, liquidado, para as profundas. Se tiver raça, pôr-se-á, imediatamente, a «refaire surface». Cá chegado, ei-lo a retomar, metamorfoseado ou não, o seu propósito de se convencer da vida - da sua, claro - para de novo ser, com toda a plenitude, o convencido da vida que, afinal... sempre foi. "

Alexandre O'Neill,"Os convencidos da vida", in 'Uma Coisa em Forma de Assim'

8 comentários:

Nuno Barata disse...

Uma espécie de Cata-Vento.

fazem aqui falta uns smiles

gmarinho disse...

Coragem Sra. Dra. então esses convencidos não têm nome?

Mariana Matos disse...

São os da vida, Dr. Guilherme.
Não fui eu que escrevi o texto,foi o Alexandre O´Neill. Então não vê as aspas, Dr.?

Aaohfowerhoheroihjaeroºjreo disse...

E, segundo as crónicas biográficas, O´Neill sabia muito sobre o assunto. Devia ter falado na primeira pessoa.

Mariana Matos disse...

Se calhar...

gmarinho disse...

Tem razão Sra. Dra. saltei logo para o:
"Ardemares um blog de Mariana Matos"

Continuação de boas leituras!

Mariana Matos disse...

Ah...logo vi que não tinha visto bem!...Isso o melhor é ver duas vezes, que é para não se enganar.

Obrigada.

Caiê disse...

É engraçado que no Portugal decadente de que falava a Geração de 70 houvesse aqueles auto-intitulados "vencidos da vida" e neste de hoje (igualmente a decair, e uns degraus mais abaixo) haja os "convencidos", naturalmente não auto-proclamados!
O que é o Mundo... ;)