segunda-feira, abril 18, 2005

Regresso

porque o poder de uma palavra pode matar ou ajudar a ressuscitar. voltei.
ainda acredito na "ocupação do mundo pelas Rosas".
amen.

19 comentários:

Pedro disse...

welcome back

Rui Coutinho disse...

O mar enrola na areia...
Queria cantar-te toda mas não sei.
Um abraço

João Nuno disse...

...
...afinal tanto alarido pelo Adeus e isto era uma simples golpada de Marketing ?
...

...Bem regressada sejas Mariana...podias era ter escolhido outro padrinho ( tipo Nuno do Foguetabraze ou o André Defumado !)
...
Felicidades
...
JNAS

frosado disse...

bem-vinda!!!
Maracujá

O mar enrola na areia
ninguém sabe o que ele diz
bate na areia e desmaia
porque se sente feliz


é o caso...

Clara disse...

Bem regressada... ;)

gmarinho disse...

;)

Viuva Negra disse...

Se foi golpada de marketing ou não , não sei, não acompanhei o processo inteiro de reposicionamento e re-branding do Blog! mas sei que Jesus Cristo foi o maior Marketeer de todos os tempos ...

Pedro Gomes disse...

Bom-dia Mariana!

Pedro Gomes

Nuno Barata disse...

Já está "linkado". Benvinda, de novo.

Clara disse...

Eu também acredito na "ocupação do mundo pelas Rosas". ;) ;) --@

Andre Bradford disse...

Aleluia!! A maré subiu rapidamente, viva a maré alta!

Mariana Matos disse...

Obrigada a todos. Tinha decidido voltar, mas mais tarde!...:) Nada de golpes de marketing, que eu não sou moça desses voos.
Quanto a Padrinho, JNAS, só tive um.
Chamava-se Paulo e era, a seguir ao meu pai, o homem mais bonito do mundo.

João Pacheco de Melo disse...

Cá pra mim isto foi só para dar trabalho - e quanto mais nabos (como eu) tanto maior será a trabalheira - com a actualização dos links.

BOM REGRESSO!

vermelhoFaial disse...

Bem vinda. Também vou alterar para o novo link. estrelinha ajuizada

Rodrigo de Sá disse...

Eu sabia, eu sabia, eu sabia!!!
Bem vinda (novamente) à blogosfera.

Dsousa disse...

Bem-vinda, para os "mares" de afectos que te esperavam.Como bem dizes, eu sou apenas um deles. Embora não esconda a satisfação por ter sido o instrumento de acaso que terá facilitado ou apressado o regresso.
Abração.

Francisco disse...

Bem regressada!

Aaohfowerhoheroihjaeroºjreo disse...

nunca partiste

Azoriana disse...

Olá Mariana.
Vim aqui parar através do teu próprio link. Ainda bem que regressaste e gostava de "plagiar" a poetisa Natália Correia pois acredito em tudo que ele acreditava e mais: creio na ocupação do mundo pelas Marianas :)
Um dia agente ainda se encontra naquele ar de mar que insiste em chamar pelas suas amigas e então aí solta-se o abraço. É preciso é não perder a esperança e seguir para o cais de encontro ao barco que faz o elo entre cá e lá. Um dia será...
Beijinhos :)